anch

Comunidade fundada por imigrantes italianos celebra 100 anos da igreja local

Uma missa será celebrada em ação da graças à imigração italiana, com foco nas famílias que construíram a comunidade. Os moradores irão participar do ato religioso com trajes típicos dos seus descendentes.

A igreja católica da comunidade de Alto Pongal, no interior de Anchieta, completa 100 anos em 2024 e os moradores estão preparando uma grande festa, entre os dias 29 de maio e 7 de junho. As festividade celebram o padroeiro Sagrado Coração de Jesus e o centenário da igreja, que foi iniciada pelos antigos moradores, filhos de imigrantes vindos da Itália.

No primeiro dia da festa, 29 de maio, Pe. Jorge, reitor do Seminário presidirá a eucaristia de abertura dos festejos. Já no dia 30, será celebrada a solenidade de Corpus Christi, sob a presidência do administrador paroquial, Pe. Amarílio. No dia 31 será a vez da participação da Paróquia Santo Antônio de Iconha, juntamente com o vigário paroquial, Pe. Ednaldo.

O dia 01/06 promete ser especial, pois a comunidade vai celebrar, em ação de graças à imigração italiana, com foco nas famílias que construíram a comunidade, sob a presidência do Pe. Pedro, pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Piúma.

No dia 02 a Eucaristia será presidida pelo Pe. Eduardo, que por 6 anos conduziu a paróquia e, após a missa, haverá torneio de futebol entre família.

Já no dia 03, Pe. Eliomar Ribeiro, SJ, Diretor Nacional do Apostolado da Oração e ex-pároco, presidirá a eucaristia junto com o Setor Santa Cruz. Já no dia 04, Pe. Robson, da Paróquia Beato Pe. Eustáquio de Guarapari, celebrará juntamente com o Setor Sagrada Família.

Dia 05, Dia Mundial do Meio Ambiente, Pe. Rodrigo, coordenador arquidiocesano da comissão de liturgia, presidirá a eucaristia e abençoará 100 mudas de árvores que serão doadas aos dizimistas locais. A ação tem como objetivo devolver a terra uma parcela das árvores que foram retiradas para que as famílias crescessem e a terra fosse cultivada, além de perpetuar uma lembrança viva do centenário. Neste dia a liturgia será animada pelo Setor Apresentação do Senhor.  Pe. Diego Carvalho, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Guarapari, presidirá no último dia da novena, com a participação do Setor Divino Espírito Santo.

O grande dia, 07/06, solenidade do Sagrado Coração de Jesus, iniciará com a Caminhada do Coração de Jesus e alvorada de fogos. A santa missa será presidida pelo arcebispo metropolitano de Vitória, Dom Daio Campos, OFM, às 19h. Celebração com muitas homenagens, recordações dos 100 anos e muita oração.

“A história da comunidade é marcada pela imigração italiana e por sua fé. A fé e a esperança de melhores condições de vida, foram a força que os fizeram a se lançarem ao mar em busca do novo, a exemplo do povo Judeu que buscavam a Terra prometida”, relembra o coordenador da igreja, Igor Lourencini Vetorazzi.

“Ao chegarem ao porto de Benevente, hoje Anchieta, após mais de 40 dias de viagem, os imigrantes passaram por muitas dificuldades, como o período de quarentena, a subida em barcos menores pelo Rio Benevente até o interior, a falta de alimento e os perigos da mata, mas nunca os desanimaram”, completa o coordenador.

 

Sobre a Igreja

A primeira edificação construída comunitariamente foi uma capela de madeira para que pudessem rezar e o primeiro padroeiro foi Santo Antônio. Conforme foram edificando suas famílias, a comunidade foi crescendo e surgiu a necessidade de mudar um pouco mais ao sul do vale.

Neste novo local, construíram nova Capela e um plebiscito foi realizado, pois algumas famílias queriam a permanência de Santo Antônio como padroeiro, mas outras queriam o Sagrado Coração de Jesus. Seguindo a vontade da maioria, o Coração de Jesus reinou nos corações de todos e, desde 1924, é o padroeiro.

Após a primeira capela, outras três foram construídas, sempre com o objetivo de acolher a comunidade que crescia em devotos. 100 anos depois, estão programando grande festejo para celebrar a Fé dos antecedentes e a devoção ao Sagrado Coração de Jesus.

 

PROGRAMAÇÃO

 

29/05 – 1º dia da Novena:

19h – Missa presidida pelo Padre Pe. Jorge Campos Ramos;

20h – Quermesse

30/05 – 2º dia da novena (Corpus Christi):

8h – Missa presidida pelo Padre Amarílio Luiz Corradi e procissão com o Santíssimo pela Comunidade;

31/05 – 3º dia da novena:

19h – Missa presidida pelo Padre Ednaldo Rodrigues Vieira, SJ e animada pela Comunidade de Santa Luzia (Iconha);

20h – Quermesse

01/06 – 4º dia da novena:

19h – Missa presidida pelo Padre Pedro Felix Bassini. Homenagem aos descendentes italianos. A comunidade irá usar trajes típicos na missa e durante dos festejos da noite.

20h – Noite Italiana

20:30 – Apresentação do Coral Infanto-juvenil Piccoli Contadini dei Polcenigo &

Coral Sênior Piu Bello – Araguaya – Marechal Floriano;

20:50 – Apresentação do Grupo de Dança “Nonna Adélia”;

21h – Show com a banda Brasitália;

02/06 – 5º dia da novena:

8h – Missa presidida pelo Padre Eduardo Magalhães;

9:30h – Torneio entre Famílias – Campo de futebol;

16h – Moda de Viola – Campo de Futebol;

03/06 – 6º dia da novena:

19h – Missa presidida pelo Padre Eliomar Ribeiro, SJ e animada pelo Setor Santa Cruz;

20h – Quermesse

04/06 – 7º dia da novena:

19h – Missa presidida pelo Padre Robson Lemos Pereira e animada pelo Setor Sagrada Família;

20h – Quermesse

05/06 – 8º dia da novena:

19h – Missa presidida pelo Padre Rodrigo Chagas e animada pelo Setor Apresentação do Senhor;

20h – Quermesse

06/06 – 9º dia da novena:

19h – Missa presidida pelo Padre Diego Carvalho e animada pelo Setor Divino Espírito Santo;

20h – Quermesse

07/06 – SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

4h – Caminhada do Coração de Jesus; Saída da casa de Clóves Palaoro;

6h – Chegada da Caminhada e alvorada de fogos;

19h – Missa Solene presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Vitória, Dom Dario Campos, OFM;

20:30 – Quermesse;

21h – Show com a dupla Thiarlys e Melina

(DA REDAÇÃO \\ Guto Gutemberg)

(INF.\FONTE: Internet \\ Divulgação) 

(FT.\CRÉD.: Internet \\ Divulgação)