Design sem nome (1)

Guarapari: Operação apreende 17 toneladas de restos animais armazenados de forma irregular em Guarapari

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) e em conjunto com o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – SFA/ES, realizou, nesta terça-feira (21), uma operação para dar cumprimento a um mandado de busca e apreensão em uma empresa localizada em Guarapari.

Sem condições de higiene

No local foram encontradas 17 toneladas de restos animais armazenados sem condições de higiene. As investigações apontam que a empresa atuava abastecendo o mercado clandestino com restos e subprodutos animais.

A mesma empresa já havia sido alvo de ação conjunta em abril de 2022. Na ocasião, foram apreendidas cerca de 50 toneladas de produtos de origem animal, inclusive pênis de boi. Tudo em uma empresa localizada na zona rural de Guarapari.

Na época, o titular da Decon, delegado Eduardo Passamani, a investigação teve início com denúncias recebidas durante uma fiscalização realizada em diversos abates clandestinos, na Grande Vitória, que davam conta que alguns itens de subproduto animal estariam sendo encaminhados para uma empresa localizada em Guarapari.

(DA REDAÇÃO \\ Guth Gutemberg)

(INF.\FONTE: Internet \\ Portal27)

(FT.\CRÉD.: Internet \\ Divulgação)